Informação proveniente do site www.toyotacaetano.pt, em 13-12-2017.
TOYOTA GAZOO Racing destaca-se na classificação com “dobradinha” nas 6h de Spa Imprimir
 


TOYOTA GAZOO Racing destaca-se na classificação com “dobradinha” nas 6h de Spa
     
A TOYOTA GAZOO RACING SOMOU A SUA SEGUNDA VITÓRIA CONSECUTIVA NO CAMPEONATO DO MUNDO FIA DE ENDURANCE. O TS050 HYBRID #8 TERMINOU AS 6 HORAS DE SPA-FRANCORCHAMPS EM PRIMEIRO LUGAR SEGUIDO PELO TS050 HYBRID #7.

Os vencedores da corrida de Silverstone Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima, no TS050 HYBRID #8, subiram ao lugar mais alto do pódio e aumentarem a sua liderança no Campeonato do Mundo de pilotos para 17 pontos.

Numa corrida dramática, o TS050 HYBRID #7 de Mike Conway e Kamui Kobayashi terminou em segundo lugar a apenas 1.992segundos do Toyota vencedor, alcançando a primeira “dobradinha” da equipa desde Shanghai em 2014. Com este resultado a TOYOTA passa para a liderança do Campeonato Mundial dos fabricantes, com 8,5 Pontos de vantagem sobre a Porsche.

Tendo alinhado com a configuração do TS050 HYBRID com menos apoio aerodinâmico, Stéphane Sarrazin, Yuji Kunimoto e Nicolas Lapierre terminaram em quinto lugar aos comandos do carro #9. Os três pilotos competiram juntos pela primeira vez e realizaram uma corrida sem incidentes, num valioso teste em condições reais de corrida.

Desde o início, os pilotos TOYOTA mostraram a sua vontade de vencer, primeiro o Sébastien Buemi, e de seguida, Mike Conway colocaram o Porsche #1 sob pressão. Na 10ª volta, Mike Conway passou para a frente da corrida, e três voltas mais tarde Sébastien Buemi alcançou o segundo lugar.

Na primeira troca de pilotos, Yuji assumiu os comandos do TS050 HYBRID #9, para a sua primeira corrida em Spa, em quinto lugar da geral. Mostrou consistência e maturidade ao navegar com segurança pelo tráfego em pista. Um treino fundamental na sua adaptação às corridas do campeonato do mundo FIA de endurance (WEC).

Nas primeiras 3 horas de corrida Kamui Kobayashi foi construindo de forma consistente uma vantagem sobre o carro #7, com Anthony Davidson no carro # 8 em segundo lugar. No entanto a corrida mudou de forma significativa com dois períodos completos de bandeira amarela.

O Carro # 7 teve algum azar por já se encontrar nas boxes em ambas as ocasiões. Outros carros foram às boxes após as bandeiras amarelas concedendo assim muito menos tempo devido ao limite 80km/h. Mike Conway, cujas paragens foram realizadas quando os outros pilotos estavam a circular a velocidades normais de corrida, perdeu cerca de um minuto.

Kazuki Nakajima assumiu a liderança durante o primeiro período de bandeira amarela, em seguida durante o segundo ampliou significativamente a sua vantagem. Mike Conway, por outro lado, encontrou-se numa luta com o Porsche #2 caindo para o terceiro lugar.

Uma alteração adicional na corrida viu o Porsche #2 perder tempo devido à reparação de danos de um acidente que significaram que ao entrar na última hora de corrida, Sébastien Buemi no carro #7 apresentava meio-minuto de vantagem sobre Kamui Kobayashi em segundo da geral.

Kamui Kobayashi reduziu a diferença, mas manteve a posição nas últimas voltas, cruzando a reta da meta logo atrás de Sébastien buemi, que alcançou a 13ª vitória da TOYOTA desde sua estreia no WEC em 2012. Nicolas Lapierre completou uma corrida limpa para o carro # 9, terminando em quinto a duas voltas.

A equipa prepara-se para uma curta viagem de regresso a Colónia para acelerar os preparativos para as 24 Horas de Le Mans de 17-18 junho, onde a equipe espera uma luta desafiadora e renhida com a Porsche. Antes disso, todas as equipes participam no dia oficial de teste de Le Mans a 4 de junho.

Toshio Sato - Presidente da Equipa: "Foi uma corrida dramática; espero que os fãs tenham gostado. Estamos muito satisfeitos com o resultado após outra luta intensa com a Porsche. O carro #7 teve azar com os dois períodos de bandeira amarela. Essas coisas acontecem em corridas de resistência, mas é realmente frustrante para o Mike, Kamui e a equipa do carro. Tiveram o carro mais rápido hoje e não cometeram nenhum erro. Parabéns ao carro #8; nunca desistiram e receberam a recompensa. Também foi um fim-de-semana muito produtivo do ponto de vista técnico; ter a oportunidade de obter dados sobre a configuração com baixo apoio aerodinâmico no carro # 9 é útil para os nossos preparativos para Le Mans. Le Mans é o nosso grande objetivo e vamos agora fazer o esforço final para estarmos prontos."

Resultados finais da TOYOTA GAZOO Racing:
TS050 HYBRID #7 (Mike Conway, Kamui Kobayashi)

Terminou em: 2º, 173 voltas, 7 paragens. Posição na grelha de partida: 2º.
Volta mais rápida: 1min 58.039seg

TS050 HYBRID #8 (Sébastien Buemi, Anthony Davidson, Kazuki Nakajima)
Terminou em: 1º, 173 voltas, 7 paragens. Posição na grelha de partida: 4º.
Volta mais rápida: 1min 57.722seg

TS050 HYBRID #9 (Stéphane Sarrazin, Yuji Kunimoto, Nicolas Lapierre)
Terminou em: 5º, 171 voltas, 7 paragens. Posição na grelha de partida: 3º.
Volta mais rápida: 1min 58.020seg

Classificação final das 6 Horas de Spa-Francorchamps:
1º #8 TOYOTA GAZOO Racing 173 voltas
2º #7 TOYOTA GAZOO Racing +1.992seg

3º #2 Porsche (Bernhard/Bamber/Hartley) +35.238seg
4º #1 Porsche (Jani/Lotterer/Tandy) +1min 25.438seg
5º #9 TOYOTA GAZOO Racing +2 voltas
6º #4 Bykolles (Webb/Kraihamer/Rossiter) +12 voltas

Para fotografias (Alta Res. Sem Copyright): www.toyota-motorsport-photos.com
e video do TS050 HYBRID em: http://newsroom.toyota.eu